Novos poderes, novos atores e novas resistências

0c71733a1c8d7785842514f863a1181eCHAMADA DE TRABALHOS

Comunicação política. Novos poderes, novos atores e novas resistências

Encontro do GT de Comunicação Política da SOPCOM

Lisboa, Escola Superior de Comunicação Social, Instituto Politécnico de Lisboa
30 Junho e 1 de Julho de 2016

Os horizontes da relação entre comunicação e política têm vindo a ser reconsiderados, nas décadas mais recentes, dadas as transformações estimuladas pela digitalização. Esta tem desencadeado novos processos, poderes, conflitos, atores e retóricas no âmbito político. Múltiplas formas de resistência social, política e económica têm vindo a ocorrer, acirradas, desde 2008, sobretudo na Europa do sul, pela crise das dívidas soberanas. De igual modo, os contextos da comunicação política e das suas dinâmicas relativas à participação política e eleitoral têm-se reconfigurado.
Novas encruzilhadas sociais e políticas se colocam quer no binómio comunicação e política, quer à comunicação política em sentido estrito. Entre elas encontram-se a motivação para a política e para as eleições, quando as taxas de abstenção eleitoral são crescentes, assim como crescente é a disposição para a confiança na política e nos seus protagonistas. Ainda no que se refere à comunicação política, novas possibilidades e atitudes de resistência despontam, quando as contenções financeiras despromovem a informação política e o conhecimento veiculados através dos media impressos, do livro, e da capacidade de fazer escolhas com sentido de envolvimento. Simultaneamente, a comunicação política encontra-se, cada vez mais, com públicos mais exigentes, informados, divididos em múltiplos afazeres sociais, zelosos de uma liberdade política que os conduz à reflexão sobre se ainda valem a pena a política e o compromisso eleitoral.

Com este pano de fundo, este encontro visa promover a discussão acerca dos problemas, potencialidades, atores e resistências sociais que a atual relação entre a comunicação e política enfrenta. Todas as contribuições são bem-vindas no sentido de enriquecer o debate sobre o espaço de crescimento da comunicação política.

Os interessados devem enviar um resumo, até 30 de Abril de 2016, paragtcom.pol.sopcom2016@gmail.com a seguinte informação:
Autor (es); instituição, cargo; título da comunicação; resumo (máximo de 600 palavras); CV resumido.

INSCRIÇÕES
25 eurs: membros da SOPCOM (com quotas pagas até 2015 inclusive)
75 eurs: Não sócios da SOPCOM
Participação gratuita para estudantes de mestrado e doutoramento (sob comprovativo institucional)

LÍNGUAS DA CONFERÊNCIA
Português e Inglês

DATAS IMPORTANTES
30 Abril 2016: prazo limite para submissão dos resumos
15 Maio 2016: comunicação dos resultados da avaliação
10 Junho 2016: Data limite para inscrição dos autores que apresentam comunicação
30 Junho & 1 Julho 2016: Encontro

ORGANIZAÇÃO E APOIOS
GT de Comunicação Política da SOPCOM (Paula do Espírito Santo & Filipa Subtil)
GT Jovens Investigadores da SOPCOM (Sandra Oliveira & Mafalda Silva Oliveira)
ESCS-IPL (Escola Superior de Comunicação Social, Instituto Politécnico de Lisboa)
CAPP (Centro de Administração e Políticas Públicas) / ISCSP (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas), Universidade de Lisboa

You may also like